Trump quer favorecer a perfuração de gás e petróleo em alta mar

Washington, 28 Abr 2017 (AFP) - O presidente americano, Donald Trump, manifestou nesta sexta-feira sua vontade de favorecer a exploração em alto mar de petróleo e gás, assinando um decreto que ordena reavaliar as restrições impostas por seu antecessor, Barack Obama.

"Nosso país tem a sorte de contar com recursos naturais incríveis, incluindo reservas abundantes de gás e de petróleo offshore", afirmou, criticando que o governo federal tenha proibido a "exploração e a produção em 94% dessas áreas".

"Isso priva potencialmente nosso país de milhares de postos de trabalho e de milhões de dólares de riqueza", acrescentou, sem mencionar os problemas ambientais ou climáticos associados a esse tipo de operação.

O decreto se propõe a "permitir o desenvolvimento responsável de áreas offshore que gerará receitas aos cofres do Estado e criará postos de trabalho para nossos trabalhadores", disse.

Um mês antes de sua saída da Casa Branca, Barack Obama, que fez da luta contra as mudanças climáticas uma de suas prioridades, proibiu novas perfurações de gás e petróleo em grandes áreas do oceano Ártico.

Obama se apoiou em uma lei de 1953 (Outer Continental Shelf Lands Act), que dá aos presidentes a atribuição para proteger as águas federais da exploração de hidrocarbonetos e já havia sido utilizada por vários de seus antecessores como Dwight Eisenhower e Bill Clinton.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos