Operação europeia contra a Camorra tem mais de 30 detidos

Barcelona, 5 Jul 2017 (AFP) - Trinta e quatro pessoas foram detidas nesta quarta-feira na Espanha, Itália e Alemanha em uma operação contra a Camorra napolitana por tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

A investigação das autoridades italianas e espanholas permitiu identificar um grupo envolvido, entre outras atividades criminosas em extorsão, lavagem de dinheiro transporte de grandes quantidades de cocaína e haxixe da Espanha e Itália, segundo a unidade de cooperação judicial da União Europeia, Eurojust.

As identidades dos detidos não foram divulgadas.

A maioria das detenções na Espanha acontece em Barcelona, enquanto a operação na Itália teve como alvo a região de Nápoles.

Uma fonte da polícia catalã confirmou uma operação para "desmantelar uma organização criminosa internacional dedicada ao tráfico de drogas e à lavagem de dinheiro".

A fonte confirmou que se trata da "Camorra", grupo criminoso italiano baseado em Nápoles.

De acordo com a Guarda Civil, o grupo lavava dinheiro obtido com o narcotráfico através de um amplo esquema empresarial na Espanha, Itália, Alemanha, França e Portugal.

Restaurantes, casas de apostas, empresas de aluguel de carros, lojas de compra e venda de ouro integravam o esquema "criado para lavar o dinheiro da droga", disse o porta-voz.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos