Polícia dispersa protesto contra G20 em Hamburgo

Em Hamburgo

  • Fabian Bimmer/Reuters

    Polícia de choque alemã age em protesto de manifestantes contra a cúpula do G20

    Polícia de choque alemã age em protesto de manifestantes contra a cúpula do G20

A polícia de Hamburgo dispersou na noite desta terça-feira (4), com jatos d'água e bombas de gás, uma manifestação contra a reunião do G20 prevista para este final de semana nesta cidade do norte da Alemanha.

As forças policiais evacuaram inicialmente manifestantes que montaram barracas no parque do bairro de Altona, segundo a imprensa local.

"Não era uma manifestação legal, e sim um acampamento não autorizado em um parque", destacou um porta-voz da polícia.

Por volta da meia-noite, as forças policiais utilizaram jatos d'água e gases para dispersar grupos de pessoas em pontos distintos de Hamburgo que tentavam bloquear ruas, especialmente no bairro de Sankt-Pauli.

Uma pessoa foi interpelada e um pedestre não envolvido no protesto ficou levemente ferido, informou a polícia local.

No domingo (2), a polícia já havia enfrentado manifestantes pelo mesmo motivo.

No total, os organizadores dos protestos esperam reunir mais de 100 mil manifestantes contra o G20 nos próximos dias em Hamburgo, entre eles milhares de militantes de esquerda dispostos a enfrentar a polícia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos