TOPSHOTS Pentágono afirma que pode deter um ataque de mísseis da Coreia do Norte

Washington, 5 Jul 2017 (AFP) - O Pentágono acredita que pode defender os Estados Unidos de um míssil lançado pela Coreia do Norte, afirmou um porta-voz nesta quarta-feira, depois do primeiro teste bem sucedido de um míssil balístico intercontinental por parte de Pyongyang.

Apesar de inicialmente o Pentágono afirmar que o míssil norte-coreano tinha um alcance médio, análises posteriores demonstraram que sua capacidade provavelmente excedia os 5.500 km, o que bastaria para alcançar Alasca, e por isso mudou sua denominação para míssil balístico intercontinental.

Em maio, o Exército dos Estados Unidos lançou um interceptador de mísseis disparados da base aérea de Vandenberg, na Califórnia, que pela primeira vez interceptou de maneira bem sucedida um alvo semelhante a um míssil intercontinental.

"Temos confiança em nossa capacidade de nos defender contra esta ameaça limitada", afirmou o capitão de navio Jeff Davis. Davis, referindo-se ao sistema de defesa de mísseis.

Davis condenou este último teste da Coreia do Norte por colocar em perigo não apenas o trânsito aéreo e fluvial como também os satélites, apesar de assegurar que não foram reportados danos pelo lançamento desse míssil.

Também assegurou que a Coreia do Norte ainda está longe de desenvolver um tipo de míssil com ogiva nuclear.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos