Trump aceitou a afirmação de Putin de que não está envolvido nas interferências nos EUA

Hamburgo, 7 Jul 2017 (AFP) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, aceitou a palavra de seu colega russo Vladimir Putin de que não tentou interferir nas eleições americanas, na primeira reunião dos dois nesta sexta-feira, afirmou o chanceler russo Serguei Lavrov.

"O presidente Trump disse que ouviu as claras afirmações de Putin de que não eram verdade [as acusações] e que as autoridades russas não interferiram, e aceitou essas afirmações", afirmou Lavrov, que esteve presente na reunião.

Por outro lado, o secretário de Estado americano Rex Tillerson afirmou que houve uma "química positiva" imediata entre os dois presidentes.

"O encontro foi muito construtivo, a conexão entre os dois dirigentes se fez rapidamente", declarou Tillerson, à margem da cúpula do G20 em Hamburgo.

"Houve claramente uma química positiva entre eles", acrescentou.

mp-hmn/ach/pc/eg/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos