Estado de emergência é declarado em Assunção por inundações

Asunción, 25 Jan 2018 (AFP) - As autoridades de Assunção declararam nesta quarta-feira (24) o estado de emergência na capital paraguaia por 30 dias, depois de que uma inusual elevação do rio Paraguai em pleno verão deixou cerca 20.000 pessoas afetadas.

A medida permitirá aos conselhos dos bairros atingidos "dispor dos fundos necessários, com menos burocracia, para proceder à compra de insumos e víveres", indicou a Junta Municipal de Assunção em um comunicado.

Várias pessoas deslocadas foram alojadas em prédios de instituições militares e áreas altas da capital, informou a Secretaria de Emergência Nacional em um relatório.

Outras centenas de afetados começaram a ocupar moradias abandonadas e montaram casas precárias nas praças, ruas e terrenos baldios em Assunção, constatou a AFP.

A Direção Geral de Meteorologia explicou que há uma tendência de elevação lenta e permanente do rio Paraguai por causa das chuvas abundantes registradas nas últimas semanas.

A instituição informou que o nível do rio cresceu dois centímetros nas últimas 24 horas. Em janeiro já foram registrados cerca de 270 milímetros de água acumulada no país, acrescentou agência meteorológica.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos