Ao menos 3.000 pessoas vivem nas ruas de Paris

Paris, 21 Fev 2018 (AFP) - Pelo menos 3.000 pessoas dormem nas ruas de Paris, de acordo com os resultados de uma operação sem precedentes realizada na semana passada na França para contabilizar os sem-teto da capital francesa.

Cerca de 1.700 voluntários e 300 funcionários públicos percorreram as ruas de Paris na quinta-feira à noite para contar o número de pessoas dormindo ao ar livre.

Também entrevistaram essas pessoas sobre seus problemas de habitação e saúde, coletando dados que a prefeita socialista Anne Hidalgo espera que permita definir melhores políticas para ajudar os sem-teto.

O vice-prefeito Bruno Julliard, que revelou os resultados nesta quarta-feira, advertiu que o número obtido - 2.952 pessoas - é "provavelmente muito abaixo da realidade", já que a eles adicionaria pelo menos 672 pessoas em abrigos provisórios devido às temperaturas de inverno.

Cidades como Atenas, Bruxelas e Nova York também realizaram censos oficiais de pessoas sem-teto nos últimos anos.

O presidente da França, Emmanuel Macron, prometeu, em julho passado, um teto para todas as pessoas que moravam nas ruas antes do final de 2017.

No mês passado, ele reconheceu que não alcançara seu objetivo ambicioso.

As pessoas que visitam Paris são muitas vezes surpreendidas com a pobreza que existe em algumas partes da capital, especialmente os onipresentes mendigos no metrô e as barracas montadas ao longo do Canal de Saint-Martin.

O resultado desse recenseamento está em linha com estimativas anteriores de associações.

cdu-sva/kjl/meb/age/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos