PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Trump nega relação com atriz pornô Stormy Daniels

26/03/2018 18h39

Washington, 26 Mar 2018 (AFP) - O presidente Donald Trump negou "forte e claramente" ter se relacionado com a atriz pornô Stormy Daniels, declarou nesta segunda-feira (26) um porta-voz da Casa Branca.

"Eu diria que o presidente nega forte, clara e constantemente" essas alegações, disse Raj Shah.

Questionado sobre as acusações de violação da lei de financiamento de campanha política por comprar o silêncio da atriz, Shah afirmou: "não há nada que a Casa Branca possa ser reprovada".

Trump, que é ágil em atacar seus adversários, nunca comentou este caso.

Resta entender por que Michael Cohen, advogado pessoal do presidente, entregou 130.000 dólares a Stephanie Clifford (verdadeiro nome de Daniels), dias antes da eleição presidencial de 2016 em troca de silêncio.

"Terá que perguntar a Michael Cohen para que nos dê detalhes", disse Shah.

No domingo à noite, 22 milhões de telespectadores acompanharam a entrevista da atriz pornô, difundida durante o programa "60 Minutes" da rede CBS, um recorde de audiência desde a entrevista com o casal Obama em 2008.

Pouco tempo depois da transmissão da CBS, Trump tuitou enigmaticamente: "Tantas 'fake news'. Nunca foram tão numerosas e falsas. Mas, apesar de tudo, nosso país vai muito bem!"

Durante a entrevista, Stormy Daniels contou ao jornalista Anderson Cooper que foi ameaçada por um desconhecido em um estacionamento de Las Vegas quando estava na companhia de sua filha.

A atriz acabava de conceder uma entrevista à revista "In Touch", na qual afirmava ter mantido uma relação sexual com o magnata em julho de 2006.

"Deixe Trump em paz. Esqueça essa história", teria dito o desconhecido. "Muito linda essa menina", teria acrescentado em relação à filha de Daniels. "Seria uma pena se algo acontecesse à sua mãe".

A Casa Branca desmentiu a denúncia. "O presidente não acredita" que a atriz tenha sido ameaçada em 2011, disse Raj Shah nesta segunda-feira.

Michael Avenatti, o advogado de Stormy Daniels, comentou nesta segunda-feira as numerosas ameaças que sua cliente, de 39 anos, recebe desde o começo deste caso. "Por enquanto não temos nada que as vincule a Cohen ou Trump, sejamos claros, mas ela realmente teme por sua segurança e de sua família", disse à CBS.

Avenatti afirmou que tem provas da relação entre seu cliente e o magnata. Na semana passada publicou no Twitter uma foto de um DVD em um cofre, acompanhada pela legenda "Se 'uma imagem vale mais que mil palavras', quantas palavras vale esta?"

Perguntada no domingo sobre a existência de provas (mensagens, fotos, vídeos) que demostraram a veracidade de suas afirmações Stormy Daniels se negou a comentar.

Internacional