PUBLICIDADE
Topo

Taxas de câncer pulmonar entre mulheres jovens dos EUA superam as dos homens

23/05/2018 21h26

Washington, 24 Mai 2018 (AFP) - As taxas de câncer de pulmão entre as mulheres jovens brancas e latinas superam hoje as dos homens nos Estados Unidos, uma tendência que intriga os cientistas, porque o fenômeno não pode ser explicado por um número crescente de fumantes.

Em um estudo publicado nesta quarta-feira no New England Journal of Medicine, os pesquisadores se concentraram no vínculo entre o câncer de pulmão e o fumo, analisando todos os diagnósticos de câncer de pulmão desde 1995 e dados sobre o número de fumantes desde 1970.

Os cientistas esperavam encontrar algum vínculo para explicar porque as taxas de câncer de pulmão entre as mulheres nascidas desde 1960 agora superam a dos homens com a doença. Mas não encontraram nenhuma ligação.

"As taxas gerais de incidência e mortalidade por câncer de pulmão continuam sendo mais baixas entre as mulheres do que entre os homens", diz a pesquisa.

Mas entre as mulheres brancas e latinas nascidas desde a década de 1960, "as taxas de câncer de pulmão superam as dos homens, apesar do fato de menos mulheres fumarem", acrescentou.

"É preciso um estudo futuro para identificar as razões da maior incidência de câncer de pulmão entre as mulheres jovens", diz o estudo.

Nas últimas duas décadas, os cânceres de pulmão tanto em homens quando em mulheres diminuiu, mas esse número caiu mais rapidamente entre os homens.