PUBLICIDADE
Topo

Haddad pede respeito por seus "45 milhões de eleitores"

28/10/2018 21h33

Rio de Janeiro, 29 Out 2018 (AFP) - Fernando Haddad, o candidato petista derrotado nas eleições presidenciais brasileiras, exigiu neste domingo respeito por seus 45 milhões de eleitores e disse que a oposição ao governo de extrema direita Jair Bolsonaro será uma "tarefa enorme".

Em uma reunião com a cúpula do PT em São Paulo, Haddad agradeceu o apoio de seus aliados e dos "45 milhões de votos, uma parte expressiva [do eleitorado], que deve ser respeitada".

Haddad se absteve de felicitar Bolsonaro, que o derrotou por uma margem de dez pontos (55% a 45%) depois de uma campanha hostil contra o PT e seus treze anos no poder (2003-2016).

pr-js/cn