PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Irã afirma que presença de tropas americanas na Síria foi um "erro" desde o início

22/12/2018 10h02

Teerã, 22 dez 2018 (AFP) - O governo do Irã afirmou neste sábado que a presença dos Estados Unidos na Síria foi um "erro" desde o início, na primeira reação oficial à decisão do presidente Donald Trump de retirar suas tropas.

"A presença de forças americanas foi desde o início (...) um erro e uma decisão ilógica, e a causa original da instabilidade e da insegurança na região", afirmou o porta-voz do ministério das Relações Exteriores, Bahram Ghasemi, em sua conta no Telegram.

O presidente Donald Trump anunciou na quinta-feira que os Estados Unidos não desejam ser mais a "polícia do Oriente Médio" e defendeu sua decisão de retirar as forças americanas da Síria.

A Guarda Revolucionária do Irã tem um contingente de comandantes e assessores na Síria para apoiar o regime do presidente Bashar al Assad. Também forneceu armas e enviou milhares de milicianos procedentes de vários países.

O governo dos Estados Unidos mantém 2.000 soldados na Síria em duas áreas ao longo da fronteira com o Iraque.

amh/er/dr/me/pb/fp

Internacional