PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Rival de Netanyahu lança campanha às eleições legislativas de Israel

29/01/2019 19h18

Tel Aviv, 29 Jan 2019 (AFP) - O general Benny Gantz, rival do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu nas eleições legislativas de 9 de abril, lançou sua campanha nesta terça-feira (29) com um duro ataque e o anúncio de uma coalizão com outro ex-chefe militar.

Gantz, de 59 anos, não é um desconhecido. Seu cargo de chefe do Estado Maior entre 2011 e 2015 fez dele uma das pessoas mais proeminentes do país.

A milhares de apoiadores Tel Aviv, o general anunciou um programa taxativo: a rejeição a qualquer retirada das Colinas de Golã, anexadas por Israel, do vale do Jordão, na Cisjordânia ocupada, e de Jerusalém Oriental, que os palestinos sonham em transformar na capital de seu futuro Estado.

Caso ganhe, Gantz assegurou que seu governo lutará incansavelmente "contra todos os complôs" do Irã.

Em seu ato público desta terça, o general anunciou também uma aliança com Moshé Yaalon, ex-chefe do Estado Maior e ex-ministro da Defesa.

Ele descartou qualquer possibilidade de integrar um gabinete com Netanyahu à frente. "A simples ideia de um primeiro-ministro que possa exercer o poder, após ser acusado, me parece ridícula, isso não acontecerá", garantiu.

Na semana passada, uma pesquisa indicava que seu partido poderá se tornar na segunda força do Parlamento, com 15 das 120 bancas, por trás do Likud (direita) de Netanyahu, que obterá 31 assentos.

Internacional