Topo

Estado Islâmico anuncia ter libertado mulheres detidas pelos curdos na Síria

17/10/2019 09h20

Beirute, 17 Out 2019 (AFP) - O grupo do Estado Islâmico (EI) anunciou nesta quinta-feira que libertou um certo número de mulheres detidas pelas forças curdas no norte da Síria, segundo comunicado publicado no Telegram.

Uma unidade "de soldados do califado" atacou a sede das forças curdas perto de Raqa na quarta-feira "libertando mulheres muçulmanas sequestradas por combatentes curdos", segundo o comunicado.

Os curdos sírios, confrontados com uma ofensiva turca, relataram nos últimos dias a fuga de centenas de famílias do EI de um campo de deslocados e a fuga de cinco jihadistas de uma prisão.

Rh/tgg/Feb/tp/mab/mb/cn

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Notícias