PUBLICIDADE
Topo

Tufão Vamco castiga Vietnã após deixar quase 70 mortos nas Filipinas

15/11/2020 10h28

Hanói, 15 Nov 2020 (AFP) - O tufão Vamco atingiu o Vietnã neste domingo (15), causando danos em prédios e deixando pelo menos cinco feridos, após uma passagem pelas Filipinas que terminou em pelo menos 67 mortos.

Vamco atingiu a costa neste domingo pela manhã, com rajadas de vento de até 90 km/h, arrancando árvores e telhados de casas e escolas.

Este é o última de uma série de tormentas que atingiram o centro do Vietnã nas últimas seis semanas, causando enchentes e deslizamentos de terra, com saldo de pelo menos 159 vítimas fatais. Ainda há 70 pessoas desaparecidas, segundo as autoridades locais.

De acordo com os primeiros boletins da autoridade de gestão de emergências neste domingo, pelo menos cinco pessoas ficaram feridas enquanto tentavam proteger suas casas.

As fotos mostram a orla marítima de Hoi An, listada na Lista do Patrimônio Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), cheia de restaurantes, destruída pelo vento, assim como árvores arrancadas da antiga cidade imperial de Hue.

As autoridades transferiram cerca de 650.000 pessoas de sete províncias costeiras para regiões mais altas, mas hoje alertaram que as fortes chuvas podem causar deslizamentos de terra.

Nas Filipinas, Vamco deixou ao menos 67 mortos na ilha principal do arquipélago, Luzon, e sua passagem afetou cerca de 1,7 milhão de pessoas em todo país.

A tempestade trouxe as piores enchentes dos últimos anos, arrasando aldeias, destruindo campos agrícolas e deixando centenas de milhares de pessoas sem energia elétrica.

No Vietnã, o temporal das últimas semanas danificou, ou destruiu, mais de 400 casas, de acordo com a Federação Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho.

tmh-amj-pdw/gle/jvb/es/tt