Chegam ao Egito duas reféns russas libertadas pelo Hamas, segundo mídia estatal

Duas mulheres russas, sequestradas pelo Hamas, chegaram ao Egito, nesta quarta-feira (29), pela passagem de Rafah, procedentes da Faixa de Gaza, após serem libertadas pelo movimento islamista palestino, reportou o veículo estatal egípcio Al Qahera News.

As duas mulheres foram entregues à Cruz Vermelha pelo braço armado do Hamas, "após os esforços do presidente russo", Vladimir Putin, anunciou o movimento palestino anteriormente.

Segundo o gabinete do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, as reféns são Yelena Trupanov, de 50 anos, e Irena Tati, de 73.

No domingo, o Hamas libertou Ron Krivoi, um russo-israelense de 25 anos, também em agradecimento ao "apoio à causa palestina" de Putin.

az-sbh/slb/dv/meb/an/hgs/an/mvv

© Agence France-Presse

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes