Casa Branca se opõe à 'violência' para solucionar disputa entre Venezuela e Guiana

Os Estados Unidos esperam que a disputa territorial entre a Venezuela e a Guiana por uma região rica em petróleo não degenere em "violência", nem em "conflito", afirmou a Casa Branca nesta quarta-feira (6).

"Obviamente, não queremos que ocorra violência, nem conflito" entre as partes, declarou aos jornalistas o porta-voz do Conselho de Segurança Nacional, John Kirby, em meio a uma escalada nas tensões pelo Essequibo, território alvo de uma disputa centenária entre os dois países.

dk/bgs/erl/dga/mvv