ONU vê 'sinais promissores' de abertura de uma passagem entre Gaza e Israel

O chefe de operações humanitárias da ONU, Martin Griffiths, indicou, nesta quinta-feira (7), que vê "sinais promissores" de uma "próxima" abertura de uma passagem entre Israel e a Faixa de Gaza. 

A abertura da passagem de Kerem Shalom, que se acrescentaria à de Rafah na fronteira entre Egito e Gaza, "mudará a própria natureza do acesso de ajuda humanitária" ao território palestino sitiado, declarou Griffiths em uma entrevista coletiva em Genebra. 

Desde o ataque sem precedentes do movimento islamista palestino Hamas no território israelense em 7 de outubro, que deixou cerca de 1.200 mortos, em sua maioria civis, Israel impõe um "cerco total" a Gaza. 

Desde este ataque, Israel bombardeia sistematicamente o território palestino, com um balanço de mais de 17.000 mortos, em sua maioria mulheres e crianças, segundo um balanço atualizado do Ministério da Saúde do Hamas, que governa a Faixa de Gaza desde 2007. 

vog/apo/meb/mb/dd 

© Agence France-Presse

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes