Ucrânia pede para economizar energia após bombardeio de usina termelétrica

O governo ucraniano pediu à população, nesta quinta-feira (7), para poupar energia, às vésperas do inverno boreal, devido ao bombardeio de uma usina termelétrica perto da linha de frente com a Rússia. 

"Esta tarde, o inimigo atacou usinas elétricas na área da linha da frente", disse o Ministério da Energia, recomendando o uso "sensato e moderado" do serviço de eletricidade. 

Um dos bombardeios danificou "gravemente" uma central elétrica e provocou "uma falta temporária de eletricidade na rede", também provocada pela "queda da temperatura" externa, explicou.