Israel estabelecerá dois novos pontos de controle de ajuda humanitária para Gaza

O Exército israelense anunciou, nesta segunda-feira (11) à noite, que estabelecerá dois pontos adicionais de controle de ajuda humanitária que chega à Faixa de Gaza por Rafah, a cidade fronteiriça entre o território palestino e o Egito. 

Essa passagem é a única que as organizações humanitárias podem usar para levar ajuda a Gaza, um território ocupado parcialmente por Israel e devastado pelo conflito. 

Também nesta segunda, Israel indicou que não tem previsto abrir novas passagens fronteiriças, mas que utilizará as de Nitzana e de Kerem Shalom para inspecionar os caminhões com ajuda humanitária. 

"Essa medida permitirá dobrar a quantidade de ajuda humanitária que entra na Faixa de Gaza", indicou o Exército israelense na rede social X, antigo Twitter. 

O Escritório de Coordenação para Assuntos Humanitários (OCHA) das Nações Unidas informou no domingo que atualmente cem caminhões com água potável, comida e medicamentos entram todos os dias em Gaza, um número muito inferior aos 500 diários antes da guerra. 

Segundo o ministério da Saúde do Hamas, que governa esse território palestino, mais de 18.200 pessoas morreram em Gaza desde 7 de outubro por causa dos bombardeios israelenses, sendo a grande maioria das vítimas mulheres e menores de idade. 

lcm/jd/er/mm/thm/eb/gm/dd/mvv

© Agence France-Presse

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora