Ucrânia vê risco de 'interferência externa destruidora' na Transnístria

A Ucrânia, que enfrenta há dois anos a invasão russa, alertou para o risco de qualquer "interferência externa destruidora" na crise entre a Moldávia e a região separatista da Transnístria, que pediu "proteção" a Moscou nesta quarta-feira (28).

Em um comunicado, o Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia pediu "uma solução pacífica dos aspectos econômicos, sociais e humanitários" desta crise, "sem interferência externa destruidora".

bur-brw/bc/js/mar/mvv/rpr