Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Lula e Petro discutem plebiscito como solução democrática para a Venezuela

17.abr.2024 - Presidentes Lula e Gustavo Petro se encontraram na Colômbia Imagem: Ricardo Stuckert

17/04/2024 23h27

Os presidentes de Brasil e Colômbia discutiram nesta quarta-feira (17) "a possibilidade de um plebiscito" para que se chegue a um "pacto democrático" entre o governo e a oposição na Venezuela.

"Transmiti ao presidente Lula uma proposta que foi discutida com o presidente Nicolás Maduro e a oposição. Tem a ver com a possibilidade de plebiscito nas eleições que se avizinham na Venezuela", disse o presidente da Colômbia, Gustavo Petro, após um encontro em Bogotá com o colega Luiz Inácio Lula da Silva.

O referendo aconteceria junto com as eleições de 28 de julho, nas quais Maduro vai disputar um terceiro mandato consecutivo. Segundo Petro, buscaria "um pacto democrático", no qual o perdedor da votação teria "certeza e segurança sobre sua vida e garantias políticas".

Lula evitou avaliar a proposta: "Discutimos o tema da Venezuela, mas foi muito mais importante discutir a relação entre Brasil e Colômbia. O que posso dizer sobre a Venezuela? Se depender da Colômbia e do Brasil, este continente continuará sendo uma zona de paz", acrescentou.

Presidentes de esquerda e aliados de Maduro, Lula e Petro endureceram sua posição diante de eleições marcadas pela inabilitação política da principal rival do presidente venezuelano e do veto à candidatura da sua substituta.

Os presidentes de Brasil e Colômbia também discutiram a situação no Haiti, que enfrenta uma crise política e de segurança devido à violência dos grupos criminosos. "Queremos contribuir para uma saída que gostaríamos de construir com o Brasil, juntos, pensando em uma possibilidade democrática para o povo haitiano", disse Petro, sem dar detalhes.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Lula e Petro discutem plebiscito como solução democrática para a Venezuela - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL

Ao prosseguir você concorda com nossa Política de Privacidade


Internacional