Portugal condena atentado no Paquistão

Portugal condenou o atentado num parque da cidade de Lahore, no Paquistão, que provocou hoje (27) pelo menos 65 mortos. "Portugal condena mais este atentado e reafirma o seu compromisso com a luta internacional contra o terrorismo", disse o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, numa declaração à agência Lusa.

Pelo menos 65 pessoas morreram e mais de 300 ficaram feridas, especialmente mulheres e crianças, no atentado suicida que atingiu o parque público de Gulshan-e-Iqbal,  muito frequentado por famílias. No parque, os cristãos estavam celebrando a páscoa.
"É mais um atentado bárbaro", disse o ministro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos