Morre o húngaro Imre Kertész, Nobel de Literatura de 2002

O escritor húngaro Imre Kertész, Prêmio Nobel de Literatura em 2002, morreu hoje (31) em sua casa em Budapeste, aos 86 anos, informou a agência de notícias MTI.

Judeu húngaro deportado para Auschwitz aos 15 anos, na sequência de perseguições nazistas, Imre Kertész tem sua obra marcada pelo holocausto.

Mais tarde, ele foi transferido de Auschwitz para o campo de concentração de Buchenwald, de onde foi libertado em 1945 pelas tropas norte-americanas.

Depois da guerra, foi jornalista e tradutor de autores alemães.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos