Brasil registra menor número de casos de malária em 35 anos

Aline Leal - Repórter da Agência Brasil

O Brasil registrou em 2015 o menor número de casos de malária dos últimos 35 anos. Levantamento divulgado pelo Ministério da Saúde hoje (25), Dia Mundial da Malária, mostra que 143 mil casos da doença foram notificados no ano passado, com 26 mortes.

Para marcar a data, o governo lançou a campanha "Elimine a malária para o bem". A ação, direcionada para a região amazônica, enfatiza a eliminação da malária falciparum no país, espécie mais grave do parasita Plasmodium, causador da doença.

O objetivo é conscientizar as pessoas da região que já tiveram a doença mais de uma vez e não buscaram tratamento na rede pública de saúde. Segundo o ministério, essa atitude compromete a redução dos casos e a interrupção da transmissão da doença.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), quase a metade da população mundial - o que equivale a 3,2 bilhões de pessoas - ainda corre o risco de contrair malária. Apenas no ano passado, 214 milhões de novos casos foram identificados em 95 países e mais de 400 mil pessoas morreram vítimas da infecção em todo o mundo.

A malária é uma doença infecciosa potencialmente grave, causada pelo parasita do gênero Plasmodium, transmitido ao homem na maioria das vezes pela picada de mosquitos do gênero Anopheles infectados. No entanto, também pode ser transmitida pelo compartilhamento de seringas, transfusão de sangue ou até mesmo da mãe para feto, na gravidez.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos