Sobe para 16 o número de mortos em queda de prédio residencial em Nairobi

Da Agência Lusa

Pelo menos 16 pessoas morreram, 69 continuam desaparecidas e 135 foram resgatadas com vida após a queda de um prédio residencial na capital do Quênia, Nairobi, devido às fortes chuvas que caíram na noite de sexta-feira para sábado.

O presidente do Quênia, Uhuru Kenyatta, foi ao local do acidente e ordenou à polícia a detenção do proprietário do edifício, após fontes municipais confirmarem que a prefeitura não tinha autorizado a construção do edifício.

O presidente pediu também às autoridades para inspecionar habitações que possam estar em risco de colapso e transferir as pessoas afetadas para edifícios mais seguros.

O chefe de operações de emergência da Cruz Vermelha, Mahdi Mohammed, explicou que os esforços de resgate são complicados porque não pode ser utilizada maquinaria pesada.

"Se forem utilizadas [máquinas pesadas], pode haver mais desabamentos e é preciso ter muito cuidado", disse. Mohammed acrescentou que o local afetado é muito estreito e de difícil acesso, o que já causou momentos "caóticos" após o acidente.

As famílias que moravam no prédio e nas casas vizinhas foram temporariamente transferidas para uma escola da área. Segundo os meios de comunicação locais, 23 pessoas morreram desde sexta-feira em Nairobi devido às chuvas torrenciais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos