Oficina de criação de curta-metragem envolve pais e filhos em Brasília

Heloisa Cristaldo - Repórter da Agência Brasil

 

A mostra Anima Mundi oferece oficinas gratuitas de animação com a técnica stop motion, que usa massa de modelar na criação de roteiros e personagens Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Pais e filhos envolvidos juntos no processo criativo de um filme curta-metragem. Assim tem sido as oficinas do universo lúdico do Circuito Anima Mundi 2016, que acontece na capital federal até amanhã (29). A mostra de animação itinerante apresenta uma seleção de atrações exibidas no considerado maior festival de animações das Américas.

A bibliotecária Arlene Miranda se programou para levar a filha Suzana, de 10 anos, e as sobrinhas Isabela, 10 anos, e Fernanda, 11 anos, para assistir aos curtas infantis, mas antes das telas de cinema, as três participaram da oficina Stop Motion, em que adultos e crianças produzem os próprios filmes de animação, usando massa de modelar.

"A interação com a arte é uma forma de comunicar. A criança pode despertar esse interesse, e isso é riquíssimo", descreve Arlene. "Foi uma experiência fantástica fazer um filme", conta Suzana. As oficinas de animação são gratuitas. A dinâmica é indicada para crianças a partir de 8 anos, jovens e adultos.

A pequena Ana Júlia, de 6 anos, criou com seus pais a história de um curta do coelho vermelho. Segundo sua mãe, Sandra dos Reis Rodrigues, a menina que pediu para ir à Caixa Cultural de Brasília, onde acontece o circuito, para ver outra atração: a exposição sobre a pintora mexicana Frida Kahlo.

"Minha filha faz escola de arte e pediu para ver a exposição de Frida. Aproveitamos para ver os filmes e participar da oficina. Ela gosta de desenhar e agora sabe como as animações são criadas", conta Sandra. "Essa oficina é muito legal. Pensei que fosse só uma massinha, agora aprendi que pode ser muito mais", diz a menina.

De acordo com a coordenadora do Circuito Anima Mundi 2016, Beca Furtado, a atividade com massinha permite que as crianças e seus familiares experimentem a linguagem da animação. As produções criadas nas oficinas ficam disponíveis no site cerca de 15 dias após o circuito. "Aqui é possível conhecer regras básicas da animação. Mostramos como cada movimento no filme requer uma série de etapas, um processo bem trabalhoso", afirma.

 

A mostra Anima Mundi prossegue até domingo (29), na Caixa Cultura Brasília    Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Criado em 1993 e considerado um dos maiores festivais de animação do mundo, o circuito Anima Mundi - Mostra Itinerante de Animação está capital federal até domingo (29), com atrações especiais para todas as idades. O evento traz ao público uma seleção de filmes exibidos nos maiores festivais de animação das Américas.

A edição deste ano tem quatro sessões de curtas-metragens nacionais e internacionais para adultos e duas sessões de filmes infantis, todas com duração de cerca de uma hora. As sessões para adultos ocorrem às 17h e às 19h30, e as de filmes infantis, às 15h, com animações apresentadas na versão integral do festival nos últimos anos.

Todas as atividades do Anima Mundi são abertas ao público e gratuitas. A mostra está instalada na Caixa Cultural Brasília, no Setor Bancário Sul (SBS) - Quadra 4 - lotes 3/4. A programação completa da mostra pode ser acessada aqui.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos