Fuzileiros navais vão reforçar segurança na Rio 2016

Da Agência Brasil

Fuzileiros navais vão compor a força-tarefa que atuará no esquema de segurança durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, que têm início em agosto. 

A Marinha apresentou hoje (30) no Comando da Divisão Anfíbia, na Ilha do Governador, zona norte do Rio, os grupamentos que vão participar da operação, em especial na zona sul e na região portuária da cidade.

De 24 de julho até o final das Paralimpíadas Rio 2016, os militares e o Centro de Coordenação Tático Integrado (CCTI), que juntos somam cerca 2.700 homens, ficarão subordinados ao Comando de Defesa Setorial Copacabana, que conduzirá ações de combate ao terrorismo e defesa contra possíveis ataques nucleares biológicos, químicos e radiológicos e no controle antidrogas. Os militares também vão reforçar a segurança em túneis e vias expressas somente em áreas próximas à Copacabana.

Nos locais de responsabilidade da Marinha serão disputadas as competições de vôlei de praia, triatlo, ciclismo de estrada e maratona aquática; todas em Copacabana; vela olímpica, na Marina da Glória; remo e canoagem, na Lagoa Rodrigo de Freitas, além da maratona que ocorrerá no Aterro do Flamengo.

"Interessante é que nossa cidade vem recebendo grandes eventos de forma gradual. Tivemos a Jornada Mundial da Juventude, depois a Copa do Mundo e agora os Jogos. Isso já vem preparando nossas tropas há tempos. E esse é o maior legado para a gente. Poder adquirir conhecimento e experiência, tanto profissional como pessoal", disse o almirante Alexandre José Barreto.

Barreto informou que a Marinha está preparada para lidar em casos de incidentes graves. "Seja em caso de atentado ou ameaça terrorista ou qualquer outra eventualidade que seja necessária nossa participação, a população pode ter a mais absoluta tranquilidade que nossos homens estão extremamente preparados para garantir o bem estar de todos".

O almirante Leonardo Puntel, coordenador do Comando de Defesa Setorial Copacabana, destacou a integração das Forças Armadas com os órgãos de segurança do Rio de Janeiro. 

"Contamos com a integração junto aos órgãos de segurança pública do Rio de Janeiro. Isso é muito benéfico para o nosso trabalho", disse.

Os Jogos Olímpicos Rio 2016 serão realizados entre os dias 5 a 21 de agosto, com mais de 10 mil atletas de 206 países diferentes. Em 17 dias de competições, serão disputadas 306 provas com medalhas. Os Jogos Paralímpicos ocorrerão entre os dias 7 a 18 de setembro, trazendo mais de 4 mil atletas de 176 nações. Em 11 dias de disputa, serão realizadas 528 provas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos