PUBLICIDADE
Topo

Ação da PM no Complexo da Maré deixa mais de 5.000 crianças sem aula

Motoristas que passavam pela Linha Amarela relatavam intensa troca de tiros na região - Johnson Parraguez/Estadão Conteúdo
Motoristas que passavam pela Linha Amarela relatavam intensa troca de tiros na região Imagem: Johnson Parraguez/Estadão Conteúdo

Douglas Corrêa

Da Agência Brasil

22/11/2016 14h17

Mais de 5.000 alunos de escolas municipais de ensino de 17 comunidades que compõem o Complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro, ficaram sem aula nesta sexta-feira (22) pelo segundo dia consecutivo, devido a uma nova operação do Comando de Operações Especiais da Polícia Militar.

Na quinta (21), ficaram sem aula 7.000 crianças por causa de outra operação da polícia. De acordo com a  Secretaria Municipal de Educação, o conteúdo será reposto.

Tropas de elite da Polícia Militar realizam desde cedo ações contra o tráfico de drogas na Maré. A comunidade é controlada pela facção Comando Vermelho, a mesma que comanda a Cidade de Deus, na zona oeste da cidade, onde no último sábado (19) um helicóptero da PM caiu quando participava de uma operação contra o tráfico de drogas.

Com o impacto da aeronave no solo, os quatro tripulantes morreram na hora.

Até o momento, policiais militares do Batalhão de Ação com Cães apreenderam um fuzil automático e drogas a serem contabilizadas na comunidade Nova Holanda.