Incêndio suspende atendimento ao público na PF em Curitiba

Ivan Richard Esposito - Repórter da Agência Brasil

A Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba (PR), onde concentra-se grande parte das investigações da Operação Lava Jato, suspendeu hoje (20), por tempo indeterminado, todos os serviços de atendimento ao público, como a emissão de passaporte, devido aos danos causados por um princípio de incêndio ocorrido nesta madrugada.

Em nota, a PF informou que o incêndio atingiu uma das salas do subsolo e que, apesar de o fogo ter sido controlado rapidamente por seguranças do prédio, parte da iluminação, telefonia e do sistema de informática foi prejudicada, impossibilitando o atendimento ao público.

Logo depois de controlado, peritos estiveram no local e isolaram a parte do prédio afetada pelo incêndio. Um laudo com as causas do fogo deve ser apresentado nos próximos dias.

Ainda de acordo com a PF, não houve "qualquer prejuízo aos custodiados, assim como aos trabalhos relativos à Operação Lava Jato". Na superintendência, estão presos da Lava Jato como o ex-ministro da Fazenda Antônio Palocci e o ex-presidente da empreiteira Odebrecht Marcelo Odebrecht.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos