Ao som de Tim Maia e Jorge Ben Jor, Chama o Síndico leva milhares às ruas de BH

Leo Rodrigues - Correspondente da Agência Brasil

O primeiro grande bloco de rua do carnaval de Belo Horizonte desfilou na noite dessa quarta-feira (22). O Chama o Síndico faz homenagem aos músicos Tim Maia e Jorge Ben Jor. O desfile teve início na esquina entre as avenidas Afonso Pena e Brasil, duas importantes vias da cidade. De lá os foliões seguiram para a Praça Sete, no centro da capital mineira.

A expectativa do Chama o Síndico era levar 100 mil pessoas às ruas. O balanço final ainda não foi divulgado nem pelos organizadores de atração e nem pela Polícia Militar.

O bloco desfila desde 2012 e comemora este ano o seu quinto carnaval. "Foi uma iniciativa de amigos músicos que curtiam Tim Maia e Jorge Ben Jor desde a infância, muitas vezes influenciados pelos pais", conta Matheus Rocha, um dos fundadores.

No ano passado, o Chama o Síndico foi pego de surpresa, quando seu público mais que dobrou em relação ao ano anterior, atingindo 60 mil pessoas. Por essa razão, utilizando recursos arrecadados com uma campanha de financiamento coletivo, este ano o bloco investiu em um som maior, para que todos possam apreciar a música.

Outra decisão tomada para esta edição foi a limitação da bateria. Até o ano passado, não havia impedimento para que foliões chegassem com instrumentos e se incorporassem ao bloco no dia do desfile. Para este ano, a presença nos ensaios foi exigida e também uma mensalidade de R$ 100 para contribuir com a estrutura do Chama o Síndico. Dessa forma, os ritmistas puderam aprimorar seus conhecimentos, melhorando a performance musical do bloco.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos