Advogado pede revogação da prisão de filho de Pelé

Flávia Albuquerque - Repórter da Agência Brasil

O advogado do ex-goleiro do Santos Futebol Clube e filho de Pelé, Edson Cholbi do Nascimento, o Edinho, Eugênio Malavassi, entrou com um habeas corpus hoje (24) junto ao Supremo Tribunal de Justiça (STJ), depois de Edinho ter sido condenado a 12 anos e dez meses em regime fechado, pelo crime de lavagem de dinheiro e associação ao tráfico de drogas, durante julgamento de recurso de apelação, ontem (23), no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Malavasi pede a revogação da da prisão de Edinho.

Edinho havia sido condenado a 33 anos de prisão e estava esperando o julgamento da apelação em liberdade. O mandado de prisão do ex-goleiro deve ser expedido pela 1º Vara Criminal de Praia Grande, onde tramitou a ação penal. Assim que for publicado o mandado, Edinho deverá ser preso. "Assim que for expedido o mandado, Edinho se apresentará", informou o advogado. Ele disse ainda que entrará com novos recursos.

Edinho foi preso outras três vezes dentro do mesmo processo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos