Defensoria Pública do Rio terá plantão no Sambódromo durante o carnaval

Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil

Dez defensores públicos e dez servidores da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro (DPRJ) vão trabalhar em regime de plantão no Sambódromo, a partir de hoje (24), para atender o público que for assistir aos desfiles das escolas de samba durante todo o carnaval. A medida vale também para o sábado das campeãs (4 de março).

De acordo com informação da assessoria de imprensa da DPRJ, a cada noite de desfile, dois defensores públicos e dois servidores estarão de prontidão em uma sala montada no Setor 11 da Marquês de Sapucaí, preparados para atender aos casos que surgirem nas noites de hoje (24), amanhã (25), domingo (26), segunda (27) e no sábado seguinte (4).

Segundo a assessoria, os casos mais comuns atendidos pelo juizado especial na Passarela do Samba  são furto e venda de ingressos por cambistas na área externa.

A Defensoria participará também do atendimento 24 horas estabelecido pelo Plantão Judiciário do Tribunal de Justiça do Rio, que funcionará de hoje (24) até a Quarta-feira de Cinzas (1º de março), com 15 defensores públicos.

Dois defensores atuarão durante o dia e um à noite. A equipe da DPRJ no Plantão Judiciário será reforçada por servidores e estagiários, que ficarão atentos a casos de furto, violência contra a mulher, internação hospitalar e busca e apreensão de criança e adolescente em razão de regularização de visitas, destacou a assessoria da Defensoria do estado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos