Brasil envia avião com ajuda humanitária ao Peru

Andreia Verdélio - Repórter da Agência Brasil

O Ministério da Integração Nacional informou que vai enviar um auxílio emergencial ao Peru, composto por 75 barracas. O país vizinho está sendo castigado há semanas por fortes chuvas com inundações e enxurradas, causando enormes prejuízos e deixando milhares de pessoas desabrigadas.

Segundo o ministério, uma equipe da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) acompanhará a entrega do material, que será transportado em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB), que sairá de Curitiba (PR) e deverá chegar amanhã (31) na base aérea de Callao, no Peru.

As barracas atenderão a cerca de 750 desabrigados. Cada uma tem aproximadamente 25 m² de área útil, com estruturas de fácil manejo e montagem,  piso e cobertura de PVC e armação em ferro galvanizado, características que possibilitam um melhor atendimento em situações de desastres naturais. Diversos outros países sul-americanos também enviaram ajuda ao Peru.

A catástrofe castiga a maior parte da costa peruana, sobretudo a região que vai de Tumbes e Piura, no norte, até a capital, Lima, na zona central. As inundações se devem a chuvas inusitadas, provocas pelo fenômeno climático batizado como "El Niño costeiro", um aquecimento das águas marinhas do Pacífico, concentrado neste caso em frente à costa peruana.

A pedido do governo do Peru, a FAB enviou, na semana passada, uma aeronave Hércules C-130 para apoiar as operações de logística nas regiões mais afetadas pelas enchentes e deslizamentos de terra. Dezesseis militares do Esquadrão Gordo formam a tripulação do avião de transporte militar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos