Polícia do Egito diz ter evitado atentado contra igreja em Alexandria

Da Agência EFE

A polícia do Egito disse hoje (24) ter impedido um atentado contra uma igreja na cidade de Alexandria, no norte do Egito, depois de deter seis terroristas em um apartamento, informou o Ministério de Interior.

Acrescentou que dos seis terroristas presos dois seriam suicidas: um se explodiria dentro do templo e outro detonaria as bombas que carregava no corpo logo em seguida. As informações são da agência de notícias EFE.

O plano seria executado quase três meses depois de membros do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) atacar duas catedrais do norte do Egito - quando mais de 40 pessoas morreram - e seis meses após o atentado contra uma igreja cristã copta no Cairo.

Em abril, o presidente Abdel Fatah al Sisi decretou estado de emergência em todo o país, que foi prorrogado por mais três meses.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos