Estado de São Paulo registra queda nos principais índices criminais

Camila Boehm - Repórter da Agência Brasil

Os principais índices criminais, entre os quais homicídios, latrocínios, estupros, roubos e furtos em geral e de veículos, caíram em setembro deste ano no estado de São Paulo, na comparação com o mesmo mês do ano passado. Os dados foram divulgados hoje (25) pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) estadual.

Os registros de homicídio doloso caíram 6,01%, passando de 283 para 266, e a quantidade de vítimas deste crime caiu 7,17%. Foram 272 pessoas mortas intencionalmente em setembro, ante 293 no mesmo período de 2016. As taxas de mortes correspondem a 7,73 casos e 8,24 vítimas de homicídio a cada 100 mil habitantes.

Já os casos registrados de estupro mantiveram-se estáveis. O total de boletins de ocorrência, neste crime, passou de 953 para 951, na comparação anual, o que representa queda de 0,21%.

As ocorrências registradas de latrocínio diminuíram 65,63%, de 32 para 11 casos. O número de vítimas desse crime caiu 66,67% (de 33 para 11).

Roubos e furtos

Os roubos de veículos caíram 15,43% em setembro - foram 5.321 ocorrências no mês passado, ante 6.292 em setembro de 2016. Os furtos de veículo caíram 8,30% (de 9.448 para 8.664).

Roubos em geral tiveram queda de 16,32%, passando de 27.631 para 23.122 casos, e os furtos, 4,99% no mês passado, em relação ao mesmo período do ano anterior, caindo de 42.760 para 40.628.

Os roubos de carga diminuíram em setembro, pela primeira vez no ano. A queda foi de 15,95%, e o número de boletins de ocorrência do tipo passou de 903 para 759. Os roubos a banco baixaram 81,82% em setembro deste ano, de 11 (em 2016) para dois registros (em 2017).

Prisões

Houve aumento de 2,26% nas prisões feitas em setembro deste ano, passando de 15.309 para 15.655.

No mesmo período, houve aumento de 17,17% nos registros de flagrante de tráfico de entorpecentes, de 3.536 para 4.143. Em setembro, foram apreendidas 1.242 armas de fogo das ruas pelos policiais.

Também em setembro, o total de drogas apreendidas cresceu 62,27%. A quantidade passou de 13 toneladas, em 2016, para aproximadamente 21 toneladas no mês passado.

Capital

A capital paulista também teve queda nas ocorrências criminais em setembro. Os casos de homicídio doloso baixaram 14,71%, e o total passou de 68 (em 2016) para 58 (em 2017), com 6,15 casos de homicídio para cada 100 mil habitantes.

Houve queda de 4,29% no registro de estupros. O total de boletins de ocorrência passou de 233 para 223. Em relação ao registro de latrocínios, a cidade teve queda de 87,50%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos