PUBLICIDADE
Topo

Procuradoria da República cria grupo para tratar da violência no Rio

Vladimir Platonow - Repórter da Agência Brasil

25/10/2017 20h18

O enfrentamento à violência no Rio, principalmente contra o crime organizado, passa a contar com um núcleo especializado dentro da Procuradoria-Geral da República (PGR). A iniciativa foi anunciada nesta quarta-feira (25) pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, após reunião com os ministros da Justiça, Torquato Jardim, da Defesa, Raul Jungmann, e da Segurança Institucional, general Sérgio Etchegoyen.

O grupo estratégico foi criado por meio de portaria e terá duração de um ano, com objetivo de elaborar diagnóstico da situação e propostas de soluções estruturais. Formado por um procurador regional e quatro procuradores da República, o grupo visa ao combate dos crimes de tráfico internacional de drogas, armas e munições e lavagem de dinheiro. O grupo também fará inspeções em portos, aeroportos e rodovias do estado. A portaria prevê, também, que se atue para identificar a estrutura de financiamento das organizações criminosas. O pleito de criação do grupo estratégico havia sido feito pelos ministros Torquato e Jungmann, a fim de combater de forma aprofundada o crime organizado no Rio. O estado atualmente conta com operações envolvendo efetivos do Ministério da Justiça, como força nacional e Polícia Rodoviária Federal (PRF) e batalhões das Forças Armadas, em ações pontuais de cerco a comunidades controladas pelo crime e reforço a operações das polícias Civil e Militar.