PUBLICIDADE
Topo

Argentina investiga evento "consistente com explosão" próximo a submarino

Da Agência Brasil*

23/11/2017 13h06

Submarino argentino ARA San Juan, que está desaparecidoArquivo/ Divulgação/Marinha da Argentina O porta-voz da Marinha Argentina, capitão de navio Enrique Balbi, afirmou hoje (23) recebeu a comunicação de que "houve um evento anômalo, singular, curto, violento e não nuclear, consistente com uma explosão" horas após a desaparição do submarino ARA San Juan e na mesma região em que ele se encontrava, há oito dias. A informação foi passada pelo embaixador da Argentina na Áustria, Rafael Grossi, que é especialista nuclear. *Com informações da repórter Mônica Yanakiev, da Agência Brasil, e das agências Télam e EFE