Governo entra na reta final pela aprovação da reforma da Previdência

Marcelo Brandão - Repórter da Agência Brasil

Brasília - O ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, fala à imprensa no Palácio do Planalto Wilson Dias/Agência Brasil

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, comemorou o resultado da pesquisa Ibope, que aponta redução na rejeição da população em relação à reforma da Previdência. A pesquisa, encomendada pela Presidência da República, aponta que 44% dos entrevistados são contrários à reforma da Previdência. Para Marun, essa mudança de visão da sociedade já é sentida entre os parlamentares.

"A nossa estratégia está sendo extremamente exitosa. Eu tenho afirmado há um bom tempo que sinto nos parlamentares as consequências desse novo posicionamento da sociedade e isso tudo me deixa cada vez mais convicto, e até certo, de que aprovaremos essa reforma", disse o ministro, na tarde de hoje (30) no Palácio do Planalto.

Marun disse ainda que o governo entra hoje (30) na "reta final" pela aprovação da reforma: "Hoje nós começamos de uma forma mais organizada a reta final. Estamos a cerca de 20 dias do início de discussão e votação dessa proposta e começamos hoje a nos organizar de uma forma mais racional".

Como parte das articulações do governo e da base aliada em prol da reforma, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, receberá parlamentares da base aliada, em sua casa, hoje à noite. Marun também estará presente no encontro, realizado a três dias do início do ano legislativo.

"Não digo que vamos contar votos, mas o estabelecimento de estratégia. A nossa estratégia está sendo extremamente exitosa", disse. Marun voltou a dizer que o governo aceita discutir mudanças no texto da reforma, desde que não alterem a idade mínima e o fim dos privilégios. Outra condição é que as sugestões venham com votos pela aprovação da reforma.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos