Começa no Planalto nova reunião do grupo de monitoramento

Ministros estão reunidos nesta manhã (30), no Palácio do Planalto, para o primeiro encontro do dia do Grupo de Acompanhamento da Normalização do Abastecimento que discute os efeitos da paralisação dos caminhoneiros e a retomada do abastecimento no país, após as negociações para encerrar os protestos pela alta dos combustíveis. A reunião ocorre duas vezes por dia, pela manhã e à tarde.

Ontem (29), o ministro Eliseu Padilha disse que o abastecimento caminha para a normalidade. Hoje (30), caminhões já circulam por diversas rodovias, escoltados por policiais. A greve dos caminhoneiros provocou falta de itens essenciais como combustíveis, alimentos e medicamentos.

Na manhã de hoje, a Petrobras Distribuidora (BR) informou que o abastecimento de combustíveis aos clientes da subsidiária já está sendo retomado "de forma gradativa" com as desobstruções de estradas e apoio das escoltas de comboios de caminhões-tanques feitas pelas forças de segurança.

Para atender às reivindicações dos caminhoneiros, o governo anunciou no domingo (27) a redução de R$ 0,46 no litro do diesel e a isenção da cobrança de pedágio dos caminhões que trafegarem com eixo suspenso em todas as rodovias do país (federais, estaduais e municipais). Será adotada ainda uma política de frete mínimo rodoviário, cuja tabela será editada em 1º de junho e, a partir daí, reajustada a cada três meses pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Participam hoje da reunião, o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha; o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, Sergio Etchegoyen; o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia; o ministro extraordinário da Segurança Pública, Raul Jungmann; o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun; o ministro substituto da Justiça, Claudemir Brito; o ministro da Defesa, general Silva e Luna; a ministra da Advocacia-geral da União, Grace Mendonça; o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro; e o ministro da Educação, Rossieli Soares.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos