Topo

'Falta cultura política aos meninos da marcha', diz jurista Miguel Reale Junior

De São Paulo

26/05/2015 07h36

Autor da petição de ação penal contra a presidente Dilma Rousseff que os partidos de oposição protocolam nesta terça-feira, 26, na Procuradoria-Geral da República, o jurista Miguel Reale Junior, ex-ministro da Justiça de Fernando Henrique Cardoso, diz que o PSDB já tem pronto um parecer jurídico justificando o pedido de impeachment, mas ele não será usado agora.

Isso seria, segundo ele, desperdiçar "a bala de prata". Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, Reale Junior, que foi um dos signatários do parecer pedindo o impedimento do ex-presidente Fernando Collor, diz que os ativistas do Movimento Brasil Livre que criticam a iniciativa não têm "informação e cultura política".

"Os meninos da marcha têm que entender: não é porque fizeram diferente do que eles queriam que virou um traidor da pátria", disse, numa menção a Aécio Neves. "Há uma falta de informação e cultura política. O caminho da representação, que é mais seguro e está muito bem fundamentado, leva o procurador (geral da República, Rodrigo Janot) a ter que tomar uma medida. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Mais Notícias