Topo

Obras de transposição do São Francisco serão entregues até 2017, diz ministro

Lalo de Almeida/Folhapress
Canal da transposição do rio São Francisco inacabado em Floresta (PE) Imagem: Lalo de Almeida/Folhapress

Em Belo Horizonte

2015-06-10T13:41:00

10/06/2015 13h41

O ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, disse nesta quarta-feira (10) que as obras da transposição do rio São Francisco serão entregues até 2017 mesmo com os cortes impostos no ajuste fiscal.

Em entrevista após evento em Belo Horizonte, ele explicou que os trechos serão inaugurados gradualmente, a partir de setembro. Paralelamente, anunciou, o governo lançará um plano de revitalização do Velho Chico.

A pasta teve um contingenciamento de 17% neste ano, o que reduziu o orçamento para R$ 3,9 bilhões. Desse total, segundo o ministro, deve ser aplicado R$ 1,4 bilhão na transposição até dezembro. "Nossa expectativa é que entregaremos essa obra em 20, 24 meses. Essa é uma obra que irá dar solução hídrica para 12 milhões de brasileiros", prometeu Occhi, após reunião com o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), no Palácio da Liberdade, na qual discutiu investimentos no abastecimento de água no Estado.

Segundo o ministro, a partir de setembro, o governo pretende entregar trechos de 50 quilômetros cada um nos eixos leste e norte da transposição. Além disso, até o fim do ano, deve ser apresentado um plano de revitalização do rio pelos próximos dez anos. "A degradação se deu nos últimos 50, 60 anos. Recuperar isso exige um investimento de longo prazo", justificou.

O governo iniciou as obras de transposição em 2007, no segundo mandato do ex-presidente Lula, e vem reeditando as promessas de entrega da obra, cujos custos, que hoje ultrapassam R$ 8 bilhões, também estouraram. Inicialmente, a previsão era de inaugurar os canais e serviços complementares em 2012, depois em 2015 e, agora, 2017.

Mais Notícias