Reservas da China caem US$ 99,469 bi em janeiro, para menor nível em 3 anos

Pequim - As reservas internacionais da China encolheram pelo terceiro mês consecutivo em janeiro, cedendo ao menor nível em mais de três anos, segundo dados do Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês) divulgados neste domingo.

As reservas recuaram US$ 99,469 bilhões ante dezembro, para US$ 3,231 trilhões, com recursos que continuam deixando a segunda maior economia do mundo em meio ao aumento da desconfiança dos investidos com a saúde econômica chinesa e diante da probabilidade de maior depreciação do yuan.

A queda se segue à baixa recorde de US$ 107,9 bilhões das reservas em moeda estrangeira de Pequim em dezembro, quando o PBoC gastou quantidades substanciais de dólares para apoiar o yuan em meio aos temores sobre a desaceleração da economia da China e com o aumento de juros pelos Estados Unidos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos