Grupo dança quadrilha para deputado do PT : "Olha o Lula...olha a Polícia Federal..."

Em São Paulo

Denunciado em dezembro pela Procuradoria-Geral da República por corrupção passiva (onze vezes) e lavagem de dinheiro (99 vezes), o deputado Vander Loubet (PT-MS), alvo da Operação Lava Jato, viveu uma cena de constrangimento neste Carnaval em Campo Grande, onde reside.

Sentado à mesa de uma cafeteria, ele se viu repentinamente cercado por manifestantes que dançaram a quadrilha para ele.

"Olha o Lula", cantavam ao redor do parlamentar. "Olha a Polícia Federal…". Loubet permaneceu imóvel em sua cadeira, de braços cruzados, enquanto o grupo se divertia, dançando à sua volta.

As imagens de Loubet alvo da quadrilha foram divulgadas nesta terça-feira (9) pelo site O Antagonista. "Pula a fogueira iá iá, pula a fogueira iô iô… cuidado para não se queimar", iam e vinham os integrantes do grupo. O deputado não foi localizado para comentar a dança da quadrilha.

O petista é acusado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de recebimento de propinas que somaram R$ 1,028 milhão em esquema de corrupção instalado na BR Distribuidora.

Ao denunciar Loubet criminalmente perante a Corte máxima, Janot atribuiu ao parlamentar ligação com "grupo criminoso" que repassava a ele valores ilícitos "em função da ascendência que o Partido dos Trabalhadores exercia sobre parte da Petrobras Distribuidora S/A".

"O parlamentar, em conjunto com seus auxiliares, acabou aderindo à organização criminosa preordenada à prática de crimes de peculato, de corrupção ativa e passiva e de lavagem de dinheiro no âmbito da BR Distribuidora", afirma o procurador-geral da República, que pediu ao Supremo decretação da perda do mandato de Loubet.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos