No Acre, 2.100 pessoas se reúnem em ato a favor do impeachment, diz a PM

Rio Branco - No Acre, o protesto pró-impeachment da presidente Dilma e a favor do trabalho do juiz Sérgio Moro na Operação Lava Jato ocorreu em frente ao Palácio Rio Branco, sede oficial do governo do Estado, ao lado da Assembleia Legislativa. De acordo com os Movimentos Vem pra Rua e Brasil Livre, que organizaram a manifestação, 5 mil pessoas compareceram. A Polícia Militar do Acre estima em aproximadamente 2.100 manifestantes. A PM mobilizou 60 policiais para trabalhar na segurança.

"O sucesso da manifestação de hoje demonstra a força desse movimento que une o País. O Acre também contribuiu para dar voz ao impeachment. Lula não é amigo do Acre. Nunca ganhou eleição aqui", diz o representante do Vem pra Rua no Acre, Breno Silveira. Não houve registro de confrontos. Apenas um jovem, vestido de preto, que começou a gritar palavras de ordem a favor do PT em frente às escadarias do palácio, onde se revezavam os oradores. Para evitar problemas, os policiais o retiraram do local.

Em outro momento, um manifestante tentou erguer uma faixa de um partido político. Um dos oradores chamou atenção imediatamente a atenção e até uma vaia foi ensaiada. "Esse movimento aqui é contra a corrupção e a favor do impeachment", pontuou. "Não é de nenhum partido". A organização do evento não alugou carros de som. O que foi possível fazer foi instalar caixas de som em frente ao Palácio Rio Branco e "abrir o microfone" a quem quisesse falar. Não houve passeata, como nas outras vezes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos