PM restringe acesso à manifestação na Av. Paulista por excesso de pessoas

São Paulo - A Polícia Militar está restringindo o acesso de pessoas à Avenida Paulista, onde ocorre manifestação contra o governo Dilma Rousseff. A justificativa é a de que há excesso de pessoas no local e, por isso, está sendo priorizada a segurança dos manifestantes.

As pessoas que seguem nas ruas paralelas e transversais com destino à Av. Paulista estão sendo barradas. Algumas saídas de estações do metrô foram fechadas. Funcionários bloqueiam a entrada da estação Paulista, da Linha 4 (Amarela), e liberam aos poucos a entrada dos manifestantes que tentam voltar para casa.

O movimento Vem Pra Rua anunciou por volta das 16 horas estimativa de que 2,5 milhões de manifestantes participam de ato contra o governo da presidente Dilma Rousseff na Av. Paulista.

A assessoria de Comunicação Social da PM informou que, a priori, não divulgará informações sobre o número de participantes na manifestação na capital paulista.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos