Rogério, o discreto namorado de Suzane no interior de SP

Em Sorocaba

  • Reprodução/Tv Globo

    Suzane Von Richthofen foi condenada 39 anos pela morte dos pais em 2002

    Suzane Von Richthofen foi condenada 39 anos pela morte dos pais em 2002

 Na pequena Angatuba, cidade de 21,5 mil habitantes no sudoeste paulista, ninguém conhece as atividades empresariais de Rogério Olberg, 37, o novo namorado de Suzane von Richthofen. O rapaz, que alguns chamam de 'alemão' por causa da cor e dos cabelos claros, é mais conhecido como ex-funcionário da fábrica da Polenghi no município, onde trabalhou muitos anos. Até domingo, 8, quando Suzane foi detida por fornecer um endereço falso à Justiça durante a saída do Dia das Mães, ninguém sabia do seu romance com a presa famosa.

Nem mesmo sua ex-mulher, Josiele, que trabalha em uma loja de materiais para construção. Para ela, o episódio foi "uma bomba". Eles estão separados há mais de dois anos e Olberg tem um filho de oito anos com ela. Agora, a mulher fala até em rever o acordo de visitas à criança que tem com o ex-marido. "Não processei ainda toda essa história, pois nem falei com ele. Depois vou ver se tomo alguma providência", disse.

Olberg é evangélico, mantém uma página no Facebook sem foto pessoal e com poucas informações e, até então, levava uma vida discreta quando estava na cidade. Ele é mais conhecido pelo período em que participava de equipes esportivas da Polenghi. Segundo os conhecidos, o rapaz morava em Itapeva e, depois que saiu da empresa, trabalhou alguns meses na sorveteria de um amigo, em Angatuba.

Atualmente, segundo a ex-mulher, ele está trabalhando em Ibiúna, próximo de Sorocaba. Aos fins de semana, vai ao sítio da irmã, no Bairro dos Diogos, a cinco quilômetros da área urbana. Lá Suzane foi surpreendida pelos policiais no domingo. A irmã é dona de uma farmácia na cidade e esse foi o endereço fornecido por Suzane à Justiça, quando obteve autorização para sair da prisão em regime semiaberto por seis dias.

Outra irmã do rapaz está presa em Tremembé. O marido dela, que também está preso, foi acusado de abusar da própria filha e a Justiça entendeu que ela foi cúmplice por não tê-lo denunciado. Ela pegou 18 anos. Nas visitas à irmã, que se tornou amiga de Suzane, Olberg acabou se envolvendo com a detenta.

Antes de conhecer Olberg, Suzane foi casada com Sandra Regina Ruiz Gomes, conhecida como 'Sandrão', condenada a 27 anos pelo sequestro e morte de um adolescente em Mogi das Cruzes.

O casal chegou a partilhar uma cela destinada a casais na penitenciária de Tremembé. Em fevereiro do ano passado, Sandrão conseguiu a progressão para o regime semiaberto e foi transferida para uma unidade de São José dos Campos. O casal se separou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos