Processo de impeachment

Ministro do TCU que rejeitou contas de Dilma comemora mudança na Presidência

No Rio de Janeiro

  • Agência Brasil

    O ministro Augusto Nardes, do TCU

    O ministro Augusto Nardes, do TCU

O ministro Augusto Nardes, do Tribunal de Contas da União (TCU), que recomendou a rejeição das contas do governo Dilma Rousseff em 2014, ajudando a pavimentar o caminho que levou à abertura do processo de impeachment, comemorou a mudança de comando na Presidência da República.

"É uma satisfação estar aqui nesse momento histórico, depois de uma decisão histórica. O Brasil acordou com uma nova perspectiva", disse, nesta quinta-feira (12), em palestra a empresários sobre transparência pública, na Associação Comercial do Rio.

"Há um ano, eu propus uma reflexão sobre as contas da República e acabamos chegando às pedaladas fiscais. Nós ficamos com a bússola quebrada nesses últimos tempos. Nosso papel foi fazer o Brasil funcionar e não ter receio de dizer a verdade aos governantes", afirmou.

Nardes saudou os movimentos que defenderam o impeachment em manifestações de rua. "Foi muito importante o que vocês fizeram, levar seis milhões de pessoas para as ruas. Sem os movimentos sociais não teríamos conseguido a vitória que tivemos da cidadania brasileira."

O ministro do TCU disse ainda que já se reuniu com a equipe de Michel Temer para debater formas de aprimorar a governança no Brasil - Nardes chamou o presidente em exercício apenas de "presidente".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos