Funcionários do Metrô suspendem paralisação marcada para esta terça

São Paulo - O sindicato dos metroviários descartou realizar a paralisação que estava marcada para esta terça-feira, 24, enquanto aguardam nova proposta salarial do governo do Estado. O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) já havia determinado que 80% dos trabalhadores deveriam estar em suas funções nos horários de pico e 60% nos demais horários.

Os metroviários decidiram em assembleia, nesta segunda-feira, 23, não fazer greve para aguardar uma nova proposta do governo. Há uma reunião marcada para terça-feira da próxima semana, 31, e uma nova assembleia ocorrerá no mesmo dia, com indicativo de greve, caso o diálogo entre trabalhadores e a empresa não avance.

Segundo os metroviários, o governo vem oferecendo reajuste salarial de 7,5%. A categoria pede 10,3%. Trabalhadores dos quatro sindicatos da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, que também estão em campanha salarial, fazem assembleia nesta noite. No caso das Linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda, a paralisação também foi descartada até o momento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos