Temer aceita indicação do PMDB de MG para o comando de Furnas

Em Brasília

  • Paulo Whitaker/Reuters

    Houve uma disputa pela vaga entre deputados do PMDB de Minas e do Rio

    Houve uma disputa pela vaga entre deputados do PMDB de Minas e do Rio

O presidente em exercício, Michel Temer, escolheu o engenheiro Ricardo Medeiros para comandar Furnas. A indicação foi feita pela bancada do PMDB de Minas, dando a largada para as nomeações no setor elétrico.

Temer vai aproveitar os próximos 15 dias de recesso parlamentar para compor diretorias de estatais e o segundo escalão do governo.

Atualmente no cargo de diretor de Operação e Manutenção de Furnas, Medeiros substituirá Flávio Decat, que estava na presidência da empresa desde o primeiro mandato da presidente afastada, Dilma Rousseff (PT).

Houve uma disputa pela vaga entre deputados do PMDB de Minas e do Rio. Temer afirmou, porém, que a indicação para a estatal, tradicionalmente, sempre ficou com a bancada mineira.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos