Doria diz que sua campanha custará "menos da metade" do teto de gastos

Em São Paulo

  • Lucas Lima/ UOL

    20.jul.2016 - João Doria, pré-candidato a prefeito de São Paulo pelo PSDB, participa de sabatina organizada pelo UOL, Folha de S. Paulo e SBT

    20.jul.2016 - João Doria, pré-candidato a prefeito de São Paulo pelo PSDB, participa de sabatina organizada pelo UOL, Folha de S. Paulo e SBT

Candidato mais rico entre os postulantes à prefeitura da capital paulista, João Doria (PSDB) afirmou nesta quinta-feira (21) que sua campanha terá poucos recursos. "Vamos gastar menos da metade do teto. O tempo de marqueteiros milionários acabou", disse. O teto de gastos determinado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é de R$ 45,4 milhões.

As novas regras eleitorais permitem apenas que pessoas físicas possam doar para as campanhas, e ainda assim dentro do limite de 10% dos rendimentos declarados no IR (Importo de Renda). Os candidatos, porém, podem doar mais para as próprias campanhas.

Doria anunciou oficialmente nesta manhã o deputado Bruno Covas como seu candidato a vice. A informação havia sido adiantada pelo jornal "O Estado de S. Paulo" na quarta-feira (20).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos